outubro 16, 2008

Discos de vinil

Após discussões sobre a volta do vinil e suas interessantes capas, e contribuindo para linha criativa de reutilização da matéria, seguem algumas sugestões para reaproveitar o disco de vinil como objeto de decoração, e/ou utilização.








Luminária pendente







Sabe os discos de vinil que você não escuta mais? Que tal transformá-los em originais relógios de parede? Segundo o designer gráfico Alessandro Meiguins, autor da idéia, colando adesivo plástico colorido sobre a superfície do long-play você preserva a sua textura original.







É claro que essas idéias seriam melhores aplicadas para os discos com suas músicas conhecidas na Bad Music Radio , caso contrário estaríamos apreciando sua qualidade musical,como já foi comentado em outros posts.





Essa bolsa utiliza um vinil e um cinto de segurança de carro como alça. Cada bolsa vem com uma cor de disco que combine melhor, mas um zíper escondido permite que se troque o vinil quando quiser.







Existe até uma grife de bolsas com discos de vinil, a meninavinil que há quatro anos conquista um público cada vez maior é uma empresa virtual que recebe os pedidos no site e entrega pelo correio. A matéria-prima é obtida em sebos e são na maioria vinis de má qualidade musical que acabariam no lixo. No final, o trabalho contribui com a onda da sustentabilidade ao trabalhar com a reciclagem.





Os temas das bolsas de vinil vão desde os clássicos como Rolling Stones, Velvet Underground, The Doors a bandas contemporâneas como Franz Ferdinand, Interpol, Belle and Sebastian e The White Stripes, mas as possibilidades invadem também o mundo do cinema. Os temas mais procurados são Beatles, Mutantes e Amélie Poulan.

A seção "Post Verde" deste blog pretende informar e reunir algumas ações, publicadas aqui, que levarão à construção de um mundo melhor e mais civilizado, com desenvolvimento e sem comprometer o futuro.

4 comentários:

mateussz disse...

Eae pessoal!
Super contribuição...
Vasculhando os blogs da vida, encontrei um serviço um tanto quanto bizarro, chamado Album Cover Maps, da Word Magazine's World, que divulga onde foram fotografadas as capas de mais de 500 discos musicais.
O serviço utilizado, obviamente, é o Google Maps.
Por exemplo, confira o local do "Abbey Road" dos Beatles, foto tirada na avenida com o mesmo nome em Londres. Sem dúvida, é a mais polêmica da história do Rock and Roll.
Bááá!!! E lá da ver capas como: How Great Thou Art, do Elvis Presley (Massachusetts); Animals, do Pink Floyd (San Diego - EUA); London Live, do Bob Marley (Londres - ING); entre outros. Queria saber quem perde tempo fazendo um site desses!!!
http://www.wordmagazine.co.uk/album_atlas/FullListing.php

Abraços
Mateus

Roy disse...

Vinil é foda...
Queria ver Djs de verdade tocando música de verdade com vinil de verdade

Fabio Couto disse...

Animal! Só nao vale usar vinis dos Beates pra decoração... da pena de morte. Mto bom. Abs.

FazendoArte disse...

puxa
tenho dó de ver vinis assim
acho q o melhor para eles são os colecionadores museus e bibliotecas
quem sabe algum muito arranhado possa virar arte
mas no geral creio q a conservação é o melhor pois fazem parte de nossa cultura
:)