novembro 19, 2008

Supermercado Verde


A rede Pão de Açúcar inaugurou uma loja que reúne soluções mais corretas em termos de consumo e preservação do planeta, em Indaiatuba, interior de São Paulo. Com investimentos de R$ 7,5 milhões, empresa lança o primeiro supermercado verde da América Latina. Os funcionários são treinados não só nas atividades operacionais, mas em educação ambiental, o que inclui sensibilização para promoção ambiental e social. Os preceitos que balizaram a implantação da nova loja Pão de Açúcar são: Reduzir, Reutilizar e Reciclar e estão presentes em cada etapa da loja, do projeto à operação.
Os produtos são arrumados de acordo com as afinidades, e não mais como iscas para atrair os consumidores. Também são ofertados produtos a granel, sem embalagens. É sugerido ao cliente retirar toda a possível embalagem do produto já no caixa (através dos "Caixas Verdes"), levando somente a mercadoria em sacos de papel Kraft certificado, caixas de papelão ou sacolas retornáveis (à venda na loja). Grande parte das gôndolas dos produtos e do mobiliário é feita de madeira certificada pelo FSC - Forest Stewardship Council (Conselho de Manejo Florestal).


Forro com manta isotérmica, que colabora para o conformo térmico interno, diminuindo o consumo de energia.


Os carrinhos são de PET recicladas (250 por cada carrinho grande). As vagas de estacionamento mais próximas à entrada do mercado para carros movidos a álcool e biocombustível. Além disso, foram instalados bicicletário, estação de reciclagem e paisagismo com preservação da vegetação nativa, além da incorporação de espécies típicas da região.


Dez versões de sacolas retornáveis, em exposição por toda a loja.


Carrinhos produzidos a partir de garrafas pet recicladas.

Bandejas artesanais, produzidas com jornais.
Suco verde à disposição dos clientes.

Bandejas produzidas com fécula de mandioca, substituindo as de isopor.


A comunicação visual foi criada especialmente para essa loja e ajudam a esclarecer, mobilizar e despertar os clientes para a oportunidade de mudança e melhoria no comportamento de consumo.

Vagas especiais para carros que utilizam álcool ou gás como combustível.

A construção cumpre 80% das exigências do selo GBC – Green Building Council para a certificação LEED. O abastecimento elétrico vem de pequenas centrais hidrelétricas de fontes renováveis, advindas do bagaço de cana o que significa redução na emissão de CO2 em 34 mil toneladas por ano (ou 190 mil árvores reflorestadas).

CAIXA VERDE: já na saída do caixa, o cliente pode descartar as embalagens que não quiser levar para casa.


Quanto ao projeto hidráulico, as torneiras possuem sensores. A água quente é gerada a partir do reaproveitamento do calor da casa de máquinas.

São 750 produtos considerados orgânicos, naturais e sustentáveis, o que inclui a farinha orgânica do pão que sai a cada meia hora da padaria. As carnes são certificadas, demonstrando garantia de que os animais não receberam alimentação com hormônios.


A Estação de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever é o maior programa de reciclagem do Brasil e toda a comunidade pode utiliza-la.


A escolha de Indaiatuba mostra a preocupação da empresa com a coerência que deve trabalhar toda sua cadeia de relacionamentos, minimizando substancialmente o impacto do seu negócio. A localização vai permitir avançar no conceito de fornecimento de produtos com baixo impacto ambiental, especialmente no segmento de hortifruti, com produtores localizados próximos à loja. A prioridade é por pequenos produtores, e por favorecer a comunidade produtora local.

O projeto arquitetônico do Pão de Açúcar Indaiatuba considerou estudos de impacto e o resultado dos levantamentos é um empreendimento que privilegia melhor qualidade ambiental interna, eficiência energética, racionalização do uso de água, sustentabilidade de espaço e materiais, garantindo conforto, qualidade dos produtos e operação com padrão de excelência.

Diversas placas espalhadas pelo estacionamento incentivam a preservação do planeta. Vagas confeccionadas em concregrama.

Nos balcões frigoríficos e no ar condicionado será utilizado o gás ecologicamente correto R404. Utilização de cobertura zenital para garantir iluminação natural, espaços administrativos com abertura para área externa e cobertura com alto índice de refletância para diminuir a ilha de calor, também resulta em impacto favorável no microclima com consumo eficiente de energia.

Logo na entrada, quadros demonstram os resultados já alcançados.

A seção "Post Verde" deste blog pretende informar e reunir algumas ações, publicadas aqui, que levarão à construção de um mundo melhor e mais civilizado, com desenvolvimento e sem comprometer o futuro.

2 comentários:

mateussz disse...

A idéia da caixa verde é muito legal. Afinal, as embalagens rapidamente viram lixo, quando chegam em casa. Assim, é uma maneira dos fornecedores se responsabilizarem pelo destino final dos resíduos. Ótimo post Migs!
Abração

Francis David disse...

Nossa, acabei de ver uma reportagem no Globo News (reprise) sobre esse supermerado, achei o máximo.